Programa da Saúde promove acesso facilitado e gratuito a diversos medicamentos

Notícia publicada em 05/08/2020
por Victor Stutz

Ouvir conteúdo

Dispensação dos medicamentos é feita no próprio Município.
Imagem: Ane Souz

Em Ouro Preto, a Saúde ganhou reforço com inúmeras ações que beneficiam a população não apenas durante o período da pandemia, mas que refletem diretamente na qualidade de vida das pessoas ao longo do tempo.

Além da nova Unidade de Pronto Atendimento, a UPA Dom Orione, e a renovação da frota de veículos que atende o setor, ficou mais fácil também o acesso da população aos medicamentos do Componente Básico da Assistência Farmacêutica.

Diversos remédios, inclusive aqueles indicados para doenças crônicas e raras, podem ser obtidos por intermédio do Programa Complementar de Medicamentos, um serviço público municipal, criado para suprir a demanda de liberação de veículos para pacientes que necessitam buscar seus medicamentos na capital.

Com isso, basta o paciente preencher uma Declaração Autorizadora para que o Programa providencie, junto à Secretaria de Estado de Saúde, os medicamentos prescritos, mediante apresentação de alguns documentos. “Uma vez por semana, um servidor desloca-se até Belo Horizonte para realizar as atividades programadas”, explica Paula Medeiros, que coordena o Programa Complementar de Medicamentos. Hoje, são 670 usuários que fazem uso deste serviço.

O Programa Complementar de Medicamentos funciona anexo ao Almoxarifado de Medicamentos, à rua Hugo Soderi, S/N, no antigo prédio do SENAI, em Saramenha. O atendimento ao público é de segunda a sexta-feira, das 08h às 15h. O telefone de contato do setor é 3551-7384.

Para saber se os medicamentos prescritos são fornecidos e quais documentos são necessários para obtê-los por intermédio do Programa Complementar de Medicamentos, acesse o site: saude.mg.gov.br/obtermedicamentosceaf

Alerta Meteorológico

Estado de atenção
 
  
 
 
saiba mais

Receba notícias da Prefeitura

×