Prefeitura de Ouro Preto quer ampliar número de beneficiados com cestas básicas neste período de pandemia

Notícia publicada em 27/03/2020
por Nízea Coelho

Ouvir conteúdo

A Prefeitura de Ouro Preto pretende ampliar o número de beneficiados com cestas básicas no Município. Por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Habitação e Cidadania, foram distribuídas, neste mês de março, 162 cestas básicas. Famílias em vulnerabilidade social com renda per capita de 1/4 do salário mínimo são atendidas nos CRAS com este benefício eventual.

A titular da pasta, Luciene Ribeiro, diz que a intenção do Município neste período de crise é aumentar o número de beneficiados. “Neste momento, estamos nos organizando para atender a um número maior de famílias. Como critério de prioridade vamos primeiramente selecionar famílias que tenham idosos, depois crianças”.

A orientação estratégica é tomar como parâmetro famílias cadastradas no CadÚnico. Hoje são 2.800 famílias cadastradas.

A Prefeitura está ainda elaborando um plano logístico para destinar produtos da agricultura familiar que são ofertados na merenda escolar para famílias que tenham crianças matriculadas na rede municipal de ensino.

Outra ação, em parceria com a Secretaria de Defesa Social, é o recebimento de doações de alimentos, produtos de higiene e limpeza para ajudar a atender mais famílias. As doações estão sendo direcionadas para a Rua Conselheiro Santana, número 14, no Pilar, antigo prédio do Corpo de Bombeiros, hoje prédio da Família Acolhedora, de segunda a sexta, de 10h às 16h.

Todo atendimento está sendo realizado na Sede da Secretaria para facilitar a comunicação entre a equipe técnica.

Os interessados em colaborar podem entrar em contato pelos telefones 3551-2969 ou 98428-8084 que as doações serão buscadas.

Cadastro Único

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

Profissionais autônomos

Um Plano de Ação está sendo elaborado em parceria com empresários da cidade para auxílio a profissionais que trabalham de forma autônoma. A Secretaria está aguardando posicionamento do Governo Federal sobre o “Corona Voucher”, programa emergencial do Governo Federal que prevê o repasse de auxílio por três meses para auxiliar trabalhadores informais, desempregados e microempreendedores individuais (MEIs) que integrem famílias de baixa renda. Este benefício depende de aprovação pelo Congresso Nacional.

Moradores de rua

A equipe do CREAS tem atuado prestando atendimento às pessoas em situação de rua. Os moradores anteriormente mapeados pelos profissionais da Secretaria foram encaminhados para abrigamento, cujo endereço está sendo mantido em sigilo a fim de evitar que pessoas que não estejam em vulnerabilidade procurem o local; é importante ressaltar que nem todos os moradores em situação de rua não têm casa, muitos, por questões de conflitos familiares e dependência química, optam por viver na rua. Diante da situação de calamidade, com apoio da Guarda Municipal, algumas pessoas em situação de rua estão sendo encaminhadas, de maneira compulsória, a este local onde possam permanecer e serem alimentados durante a pandemia.

A Secretaria não está realizando durante este período atendimento presencial.

Alerta Meteorológico

Estado de observação
  
 
 
 
saiba mais

Receba notícias da Prefeitura

×